Detalhes do Projeto

TítuloA importância da polpa dental na Odontologia Forense: estabilidade e acurácia na determinação do sexo.
Tipo de ProjetoPesquisa
Coordenador(a)MAISE MENDONÇA AMORIM
ResumoCiência Forense é uma área baseada na aplicação da ciência e tecnologia para a detecção e investigação de crimes. A determinação do sexo é o primeiro e mais importante passo para a identificação forense. A cromatina sexual é um corpúsculo intranuclear bem definido, que cora intensamente com corantes nucleares, e cerca de 40% das células femininas é cromatina positiva, enquanto células masculinas são naturalmente consideradas cromatina negativa. O objetivo deste estudo será identificar o sexo do com base na análise da cromatina sexual em polpa dental. Serão utilizados 270 dentes extraídos de pacientes adultos, sendo 162 do sexo feminino e 108 do sexo masculino, com idade entre 18 e 70 anos. Serão utilizados dentes anteriores e posteriores, dentes saudáveis e com lesão cariosa, para fins de comparação. Os dentes serão armazenados em temperatura ambiente, e divididos em seis grupos conforme o tempo de armazenamento para análise: 72h, 7 dias, 15 dias, 1 mês, 2 meses e 6 meses. Serão comparados os seguintes grupos para a visualização da cromatina sexual: dentes íntegros do sexo masculino e feminino nos tempos determinados e com os corantes eleitos; dentes anteriores e posteriores dentro de cada sexo e entre sexos nos tempos determinados e com os corantes eleitos; dentes íntegros e doentes no sexo feminino nos tempos determinados e com os corantes eleitos. As análises estatísticas dos resultados serão realizados utilizando-se testes apropriados no programa SPSS, sendo considerado nível de significância a de 5% (0,05). Espera-se com esse estudo validar técnicas de identificação humana, que são ferramentas importantes para a realização de perícias e investigações com maior acurácia, além de otimizar a atuação dos profissionais de saúde em desastres em massa.
Data Inicial02/08/2018
Data Final31/12/2023
Equipe Executora
  • ROBSON AMARO AUGUSTO DA SILVA (Colaborador)
  • LUCIMARA APARECIDA DA SILVA PEREIRA (colaboradora)
  • MAISE MENDONÇA AMORIM (Coordenadora)