Detalhes do Projeto

Título AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE PREPARO E ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS ENDOVENOSOS EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA
Tipo de ProjetoPesquisa
Coordenador(a)PATRICIA DA SILVA PIRES
ResumoA segurança do paciente trata-se de um tema emergente e espera-se que os serviços busquem redução de ocorrência de danos evitáveis durante a prestação da assistência ao paciente. No entanto, os riscos de ocorrência de eventos adversos são comuns a todos os pacientes que estão internados em uma unidade hospitalar, principalmente quando envolve a administração de medicamentos. Na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por se tratar de um ambiente onde estão pacientes críticos, na maioria inconsciente e em uso de polifármacos, esses riscos são ainda maiores. Considerando-se os impactos que os eventos adversos podem trazer aos pacientes internados em UTI, a realização de pesquisas envolvendo essa temática pode contribuir para identificação de falhas no processo e implantação de protocolos direcionadores. O presente projeto tem como objetivo analisar o preparo e administração de medicamentos endovenosos em uma UTI-adulto de um hospital público da Bahia. Trata-se de um estudo de corte transversal, de natureza observacional sem modelo de intervenção a ser realizado em uma UTI adulto de um hospital público do interior da Bahia. A amostra será composta por observações diárias de doses preparadas e administradas de medicamentos endovenosos pelo profissional de enfermagem que trabalha na UTI, há mais de 6 meses, por um período de 60 dias. Para coleta de dados será utilizado um roteiro estruturado tipo checklist a ser preenchido durante a observação dos profissionais no momento do preparo e administração dos medicamentos. Espera-se que os resultados deste trabalho possam servir de base para elaboração de protocolos e educação permanente, buscando a garantir a segurança do paciente e melhoria da qualidade da assistência prestada.
Data Inicial14/10/2016
Data Final31/03/2017
Equipe Executora
  • Erlene da Silva Neri (pesquisador)
  • ANA PAULA STEFFENS (pesquisador assistente)